Vereadora Cris Gêmeas tem Projetos de Leis aprovados que garantem a segurança nas escolas de Mesquita

por assessoria — publicado 08/08/2019 18h25, última modificação 08/08/2019 19h04
Agentes de segurança e detectores de metais nas unidades de ensino foram as medidas aprovadas.

A Vereadora Cris Gêmeas teve dois Projetos de Lei de sua autoria aprovados na Câmara de Mesquita. As medidas têm como objetivo garantir a integridade e segurança dos alunos e dos profissionais nas escolas da rede municipal da cidade.

O projeto de Lei nº 013/2019 torna obrigatória a instalação de portais com detectores de metais nas escolas. O texto do projeto indica que qualquer pessoa que entrar nas unidades de ensino deve passar por esses detectores de metal. Caso seja identificado algo suspeito, um agente de segurança estará autorizado a realizar uma revista.

Já o Projeto de Lei nº 014/2019, indica que agentes públicos de segurança fiquem de maneira permanente nas escolas da rede pública de Mesquita, durante todo o período de atividade educacional. É determinado no texto do projeto que, a medida se dará através de uma parceria firmada entre as secretarias de segurança pública e de educação do município.

A Vereadora Cris Gêmeas diz que esses projetos são para proteger crianças e funcionários nas escolas, que ficam vulneráveis a qualquer tipo de ação violenta.

“Conheço a rotina escolar e sei da importância de prevenir qualquer problema que possa gerar problemas físicos e psicológicos, tanto nos alunos, quanto nos profissionais da educação. Tivemos três casos marcantes de violência em Unidades Educacionais, que foram a chacina dentro de uma Escola em Realengo no Rio e a de Suzano, em São Paulo e o atentado em uma creche onde uma professora morreu após ter seu corpo ateado com fogo por um ex-funcionário. Temos a obrigação de criar políticas públicas que possam garantir a segurança, evitando problemas graves como esses que não queremos que aconteçam”, disse a vereadora.

Caso de violência em uma Escola Municipal

Recentemente, um homem por causa de surto psiquiátrico entrou com uma faca e ficou no alto de uma unidade pública escolar de Mesquita, ameaçando quem estava ali. Mediante aos fatos relatado entre outros, a vereadora salientou a necessidade de proteção e segurança nas escolas.

“Graças a Deus os agentes de segurança conseguiram chegar a tempo e impediram um mal maior. É justamente para garantir essa segurança que criamos essas duas leis, dentre muitas outras já aprovadas , que são de suma importância”, disse a Parlamentar.

Ambos os projetos já foram encaminhados ao Poder Executivo e aguardam sanção do Prefeito Jorge Miranda para serem publicados no Diário Oficial.