Vereadores apresentam projetos de lei na 5º Sessão Ordinária da Câmara de Mesquita

por assessoria — publicado 03/04/2019 11h55, última modificação 03/04/2019 11h58

A Sessão Ordinária da Câmara de Mesquita desta quarta-feira (2), presidida pelo vereador Roberto Emídio (SOLIDARIEDADE), teve como expediente a apresentação de projetos de lei, indicação legislativa e pedidos de informações.


Os projetos de leis apresentados foram: PL nº 012/2019, de autoria do vereador Vandinho da Gráfica, que declara na emenda que a Escola Bíblica Dominical seja patrimônio imaterial de Mesquita; PL nº 013/2019, de autoria da vereadora Cris Gêmeas, que pede que se torne obrigatório a instalação de detectores de metal nas escolas da rede pública de ensino, PL nº 014/2019, também de autoria da vereadora Cris Gêmeas, que pede a permanência de agentes públicos de segurança nas escolas municipais em seu período de funcionamento; e o PL nº 018/2019, de autoria do vereador Prof. Max, que pede a implantação de ‘bueiros inteligentes’, com a finalidade de escoar a água da chuva de forma mais eficaz e acabar com os transtornos por conta das enchentes em Mesquita.


O vereador Marcel apresentou durante a sessão uma indicação legislativa, que propõe a criação de centros de referência, informação, prevenção e apoio a gravidez prematura na juventude do município. Já o professor Max fez um pedido de informação à prefeitura sobre os recursos de Royalties recebidos pela região.


Também foram protocolados pedidos de providência dos vereadores Sancler Nininho (MDB), Marcel (PTB), Gelson Henrique (SOLIDARIEDADE) e Roberto Emídio (SOLIDARIEDADE), todos destinados a secretaria municipal de serviços públicos e defesa civil. Também foi encaminhado pelo vereador Gelson Henrique um pedido de providência direcionado a secretaria de transportes e outro do vereador Marcel, direcionado a secretaria de obras.